O Anti-Cristo!

Postando minhas idéias e opiniões sobre a vida, a arte, e sobre o que mais der vontade!

Minha foto
Nome:
Local: Praia Seca, Rio de Janeiro, Brazil

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Amém!

Tudo bem que Deus pode existir, mas com certeza, dar dinheiro prum homem que diz ser enviado do Criador não vai ajudar em nada. Na verdade até ajuda, no bolso dele que vai inflar como as crises políticas do governo. Aliás, já que hoje em dia a maioria das igrejas são instituições com fins lucrativos, elas deviam pagar impostos e serem fiscalizadas. Uma CPI das igrejas seria destruidora, não que fossem prender muita gente (até porque vivemos no país que só falta de pagamento de pensão dá cadeia), mas pelo menos ia escandalizar e, quem sabe, abrir os olhos de alguns beatos ignorantes.

Basta ligar a TV pela madrugada num canal aberto que lá está um pastor gritando e pedindo encarecidamente pelo dízimo (oferecido de boa vontade e segundas intenções). Se refrescarmos a memória um pouquinho, houve uma época em que vendiam pedaços do céu! Nem culpo a canalhice de quem vendia, mas a dos que compravam, se bem que, pela lei não podemos vender o terreno do vizinho, logo a igreja não pode vender o terreno do Senhor. O pior é a grande possibilidade dele nem existir. Isso lembra quando uma tia-avó falecida comprou o terreno dos sonhos em Saquarema que ficava localizado muito perto da praia, perto até demais, na areia da praia, o que é ilegal, ou seja, jogou na zebra e deu macaco.

Se está doente, passa-se numa farmácia no caminho da igreja e toma um remédio, mas a cura não foi do remédio, foi da oração do pastor. É absolutamente irritante ouvir 'U sinhôrorô i a dor sumiu' seguido de gritos de 'Aleluia'! Realmente esses caras têm o poder... Poder de enrolar pessoas que no fundo querem mesmo ser enroladas. Necessitam de algum sacrifício na vida, já não bastando o de trabalhar a lá Isaura pra ganhar míseros 350 paus, só para simplesmente parecerem sofridas, como se só os que sofrem têm salvação. Achas mesmo que um ricasso bem casado e feliz, só por não sofrer, vai pro inferno?

Nesses dias um canal de TV que adora fofoca, tem até um programa específico do assunto, publicou uma matéria sobre o novo(não é o primeiro!) show/DVD infantil da Carla Perez(aquela primeira loura do Tcham!) e alguns figurões comentavam sobre o 'espetáculo'. Criou-se uma polêmica sobre os comentários da crente ex-capa da Playboy Mara Maravilha, que criticou a amiga dizendo que não concordava com a idéia de usar músicas 'adultas' para crianças(cá entre nós, 'A dança da tartaruga' do grupo Asa de Águia não música adulta?) e que o caminho dela devia ser mais ligado a Deus... (pausa pra respirar fundo) THE END!

1 Comentários:

Blogger Cybass disse...

amem!

5 de outubro de 2007 06:17  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial